fbpx

O QUE É MARKETING DE CONTEÚDO: APRENDA A APLICAR NA SUA EMPRESA

Quer saber como produzir textos, imagens, vídeos e infográficos pode ajudar no faturamento da sua empresa? Então não perca nada deste artigo, pois nele mostraremos o que é marketing de conteúdo e como aplicá-lo.

 

Você já notou que os consumidores digitais utilizam a internet, boa parte do tempo, para buscar respostas. Independentemente de qual for a questão, os internautas digitam no Google o que desejam, e pronto. Em questão de segundos têm acesso a sites que esclarecerão suas dúvidas.

 

Alguns assuntos são mais pesquisados do que outros. Portanto cabe à empresa encontrar quais temas são os mais relevantes. Afinal, um conteúdo de qualidade costuma ser o primeiro contato entre sua marca e o consumidor. 

O que é Marketing de Conteúdo?

O Marketing de Conteúdo é um conjunto de estratégias cujo objetivo é criar e distribuir conteúdo para engajar um público específico. Na prática, ele faz com que sua persona chegue até você por meio de vídeos, imagens, textos ou infográficos. 

 

A produção de conteúdo, unido às otimizações SEO, é um grande trunfo para atrair mais visitantes ao seu site. Por outro lado, se engana quem pensa que essa estratégia surgiu junto ao marketing digital

 

Apesar da nomenclatura ser nova, o Marketing de Conteúdo já era aplicado muito antes do surgimento da internet. Veja a imagem abaixo.

Nela vemos uma embalagem do Leite Moça na década de 30. Mas o que isso tem a ver com marketing de conteúdo? 

 

Note que há uma receita “creme de ovos e leite” no rótulo. Isso, em uma época em que não havia tanto acesso à informação, tinha um poder de engajamento incrível. Assim, com um simples conteúdo, a marca se destacava entre as outras de leite condensado. 

 

De lá para cá, o que mudou foi a dinâmica do consumidor. Hoje as pessoas podem escolher o que querem “sob demanda”. 

 

Com tanta informação na internet você também precisa se posicionar. Ou seja, o Marketing de Conteúdo deixou de ser uma estratégia de diferenciação para se tornar uma necessidade. 

INSCREVA-SE NA NOSSA NEWSLETTER

    Quais os benefícios do Marketing de Conteúdo?

    Para entender as vantagens em se aplicar o marketing de conteúdo, veja um exemplo prático.

     

    Suponha que sua empresa destina todo seu orçamento aos anúncios. Provavelmente ela vai alcançar seus objetivos em um curto prazo. Porém, a partir do momento em que diminuir o investimento em publicidade, os resultados também vão abaixar na mesma proporção.

     

    Por outro lado, com marketing de conteúdo você passa a construir sua autoridade dentro do ambiente digital. Criar vídeos, textos, infográficos e imagens de qualidade sobre o nicho vai posicionar sua empresa como especialista do mercado. Consequentemente, seu público vai confiar em você.

     

    E os benefícios não param por aqui, todo o conteúdo produzido vai continuar na internet gerando resultados. Ou seja, com o tempo, as pessoas que confiaram em você, além de adquirir seus produtos, também vão indicar sua marca. 

     

    Enfim, você deve saber que o marketing de conteúdo consiste em uma estratégia de longo prazo, mas que dá resultados. Afinal, ele vai melhorar a percepção das pessoas sob a sua empresa. 

    Como fazer Marketing de Conteúdo?

     

    Se você chegou até aqui já deve estar interessado em saber como fazer marketing de conteúdo. Portanto saiba que não é tão complicado, mas vai exigir planejamento e persistência. Comece, hoje mesmo, a aplicar essas estratégias em quatro passos:

    Defina um objetivo

    O primeiro passo para fazer um planejamento de marketing de conteúdo é entender o objetivo da empresa. Você pode estar motivado por vários benefícios promovidos pela estratégia, porém definir um ajudará a trilhar o caminho correto. 

     

    Veja alguns dos motivos que levam as marcas a investir em marketing de conteúdo:

     

    • Aumentar o reconhecimento da marca;

    • Gerar Leads;

    • Educar o mercado;

    • Gerar autoridade;

    • Reduzir custos;

    • Aumentar a retenção de clientes.

    Conheça sua persona

    Antes de produzir conteúdo é necessário saber para quem ele será direcionado.


    Definir uma persona – representação fictícia do seu cliente ideal – é o melhor caminho para entender o público. Para defini-la você precisará coletar uma série de informações sobre seus consumidores. 


    Entre os diversos dados demográficos que compõe o público para qual você vai produzir conteúdo estão: Idade, profissão, renda, comportamentos como consumidor, estilo de vida, lazeres, canais nos quais estão presentes, entre outros


    Assim, uma vez definido, você consegue concentrar seus esforços no que realmente vai dar resultado. Isto é, saberá quais assuntos interessam à persona, como abordá-la, qual formato de conteúdo utilizar e em qual canal veicular. 

    Crie o conteúdo

    Com todos os dados em mãos, está na hora de colocar a mão na massa. Para tanto, defina primeiro qual o formato do conteúdo. Na internet são muitas as possibilidades, portanto separamos algumas qualidades dos modelos mais comuns.

    Textos

    Desde uma carta até um roteiro para vídeo, tudo começa com a escrita. 

     

    Porém queremos falar aqui só dos conteúdos feitos e entregues em textos. Para sermos mais específicos, de postagens nas redes sociais, e-mails e, principalmente, dos artigos.

     

    Mesmo que alguns pensem que o formato ficou defasado após a evolução dos recursos audiovisuais, os textos continuam sendo protagonistas na internet. Afinal, além das inúmeras visitas dos blogs, ele promovem um aprendizado ativo. 

    Imagens

    As imagens, principalmente para empresas que trabalham com recursos visuais, são indispensáveis. Anúncios em redes sociais, por exemplo, precisam ser chamativos. Isso porque, uma vez que a foto chama atenção do consumidor, fica muito mais fácil passar a mensagem. 

     

    No entanto, isso não exclui o uso desse formato para todos. No marketing de conteúdo é muito comum utilizar imagens que complementam as explicações. Por exemplo, um infográfico para ilustrar o que o artigo acabou de dizer. 

    Vídeos

    A evolução dos recursos audiovisuais justificam o crescimento do consumo em vídeo. Hoje, são incontáveis horas assistidas no Youtube. E isso mostra que seu cliente também está lá.

     

    Porém aqui, além de um bom conteúdo, você vai precisar oferecer boas definições de áudio e imagem. O volume de produções nesse formato estão deixando o mercado mais concorrido. 

     

    Por outro lado, uma vez que você consegue ter um bom alcance com seus vídeos, sua autoridade irá aumentar exponencialmente. Afinal, oferecendo aprendizado passivo, esse é um dos formatos preferidos entre os consumidores.

    Canais

    Chegado até aqui, você já vai ter tudo em mãos, portanto é hora de analisar onde está sua persona. Estratégias multicanal também são mais que válidas por aqui. Nesse sentido, você não precisa produzir vários conteúdos, pois eles são adaptáveis. 

     

    Você pode escrever um texto, transformá-lo em vídeo, podcasts, infográficos e até ebooks. O mesmo é válido para outros formatos, o único cuidado a se tomar é evitar o overposting. 

     

    Não faça suas publicações nos diferentes canais, com um mesmo conteúdo, ao mesmo tempo. Defina um frequência para dar tempo para sua audiência digerir o tema daquela postagem.

     

    Gostou do nosso artigo sobre Marketing de Conteúdo e quer aprender mais estratégias no meio digital? Então não deixe de conferir o blog da aritimos!

    Lucas Margaria

    Lucas Margaria

    Graduado em publicidade propaganda e marketing, hoje ajudo empresas a se posicionarem na internet, por meio da redação SEO.

    Lucas Margaria

    Lucas Margaria

    Graduado em publicidade propaganda e marketing, hoje ajudo empresas a se posicionarem na internet, por meio da redação SEO.